Tartarugas Até Lá Embaixo - John Green | RESENHA

FICHA TÉCNICA:

TÍTULO: Tartarugas Até Lá Embaixo
AUTOR: John Green
ANO: 2017 / PÁGINAS: 272
EDITORA: Intrínseca
ADICIONE NO: Skoob
CLASSIFICAÇÃO: ★★★★


Olá pessoal, tudo bom? Eu não sei bem como fazer uma resenha desse livro, mas juro que vou tentar. Ele é muito mais do que a sinopse diz, na verdade, o que está na sinopse fica bem em segundo plano, é só uma deixa para o inicio da história.

Estamos em Idiana, nos Estados Unidos. Aza é uma adolescente que sofre com ansiedade e assim, transtorno obsessivo compulsivo (TOC), e sua melhor amiga Daisy é uma escritora de Fanfics de Star Wars.
Daisy ouve a notícia que um bilionário, fugitivo da policia, desapareceu e estão oferecendo uma recompensa de 100 mil dólares para quem descobrir o paradeiro dele. É claro que as duas meninas decidem procura-lo, e começam pelo filho dele, Davis, que era um amigo de infância de Aza.



É aí que vocês começam a pensar que é só mais um romance clichê do John Green, né? Mas não é. 
Por mais que a Aza queira e tente se envolver com Davis, seu TOC e ansiedade não permitem. E é sobre isso que o livro fala, sobre TOC, ansiedade, e principalmente sobre pensamentos intrusos.
Eu tenho esse tipo de pensamento (mas não, eu não tenho ansiedade e TOC — eu acho —) então eu consegui compreender em certo ponto o que a Aza passava, mas claro que ela era com muito mais intensidade.
E pra ser sincera, esse livro caiu em boa hora para mim, porque como sempre falam no livro, pensamentos são pensamentos, eles não são ações e não mandam no que você é. Eu precisava muito ouvir/ler isso.

— Você dá poder demais aos seus pensamentos Aza. São apenas pensamentos. Eles não são você. Você pertence a si mesma, mesmo quando seus pensamentos não pertencem.

Voltando ao livro, queria dizer que os personagens são muito reais. O autor colocou sentimentos reais nele já que o próprio John Green tem TOC. Conseguimos entrar na mente da Aza.
Também conseguimos ver como é a situação de pessoas que convivem com alguém que tem TOC, como a mãe de Aza que vive preocupada e Daisy, que é uma menina intensa e muito sincera com seus sentimentos em relação a sua melhor amiga. Apesar de sofrer pela doença de Aza, ela está sempre ao lado da mesma.
E não posso deixar de falar de Davis, e seu irmão mais novo Noah. O caçula sofre com o sumiço do pai acreditando que ele vai voltar para casa (apesar de o bilionário ser um babaca e um péssimo pai, por não ligar para os filhos e ter deixado toda a sua riqueza para uma tuatara de estimação) e Davis séria o crush de muitas meninas já que é um garoto encantador e quer lutar pela Aza, tem paciência com sua doença, sem contar a preocupação com o irmão.

Qualquer um pode olhar para você, mas é muito raro encontrar quem veja o mesmo mundo que o seu. 



Eu me apaixonei pelos personagens e vou guarda-los em meu coração (e olha que o livro é super curto).
Então não, o livro não é sobre uma aventura atrás de um bilionário, nem sobre um romance de adolescentes. Essa obra é sobre TOC, e nos ajuda muito a lidar com os pensamentos. É aquele tipo de livro que todo mundo deve ler.
E pra finalizar, quero dizer que o John Green e tão criativo com seus títulos (os originais) porque todos os livros dele isso me encanta, as metáforas ou como ele tira um pequeno pedaço da história para colocar no titulo que no final você percebe que era a peça chave da trama ou um grande resumo de tudo.







21 comentários:

  1. Ei! Tudo bem?

    Eu amo muito o John, sua escrita sempre me emocionou muito, independente do livro. Eu queria muito ler Tartarugas, mas acabei deixando para pegar em outras histórias por achar que esse seria um livro com um romance bem John Green a procura de um cara rico, mas pelo o que você falou nessa sua resenha (incrível), não é nada disso que acontece. Fiquei muito interessada pela obra graças a sua resenha, mostrar esse lado do TOC é muito incrível e acho que seria uma ótima leitura para mim nesse momento. Parabéns pela resenha impecável!

    Beijos!
    http://www.as365coresdouniverso.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada ♥ ♥ Esse livro é muito real, eu quase chorei em alguns momentos por me identificar. Espero que goste.

      Excluir
  2. Gente esse é o livro do John Green que teve mais unanimidade em avaliações até agora. Eu não gosto muito do autor, na verdade tenho certo trauma com relação a ele e tudo o que ele indica então por esse motivo deixaria a dica passar, mas ao ler a resenha, fiquei um pouco dividida na minha opinião. Ainda não sei o que pensar a respeito então acho que não vou descartar a dica de imediato, vai que eu mude de ideia não é mesmo?

    beijinhos!
    http://leiturize-se.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amo Jhon Green então sou suspeita. Mas não deixe passar, vai que é sua chance de gostar do autor?

      Excluir
  3. Oiii. Eu amei sua resenha, mas infelizmente não posso dizer que fico motivada a ler o livro. Não sou muito fã do John Green.
    Se um dia eu estiver na vibe de ler ele, espero gostar tanto quanto você. Gosto de personagens reais também. Me apaixonaria fácil. Beijos.

    Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que pena, eu amo o autor. Mas um dia de uma chance, vai que gosta?

      Excluir
  4. Eu sempre me pergunto o pq desse título rsrs mas acho que vou ter que ler pra entender! fico feliz em saber que mais uma vez o autor nos presenteou com uma obra emocionante e que aborda temas tão importantes :D

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma metáfora de como a personagem se sente, mas só lendo pra entender haha Espero que goste ♥

      Excluir
  5. Oi, Ally! Quando lançou esse livro, não me senti muito motivada a ler, mas conforme as pessoas foram lendo e falando aobre ele, minha vontade mudou completamente. E sua resenha é prova disso, tudo o que você disse me deixou com ainda mais vontade de conhecer essa história, tenho certeza que vou gostar e ela vai trazer algo de bom para mim. Parabéns pela resenha, adorei! Beijos.

    https://abducaoliteraria.wordpress.com

    ResponderExcluir
  6. Oieee!
    Até hoje só teve um livro do John que me despertou vontade para ler (e me fez chorar muito) que foi A culpa é das Estrelas, mas nenhum outro me chamou atenção. Até ler sua resenha!
    Com certeza esse livro vai para minha lista, quero muito ler ele e descobrir como a Aza lidou com seus "pensamentos"
    Parabéns pela resenha, ficou mara!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tenho certeza se ela consegue lidar ahahah Beijos, e obrigada ♥

      Excluir
  7. Oii
    John Green arrasa nos livros dele, pelo menos nos que eu li, esse aí já tá minha listinha e vou ler ano que vem, espero gostar tanto quanto você kk Amei sua resenha, fico feliz por ter gostado da leitura.
    Bjos, Bya! 💋

    ResponderExcluir
  8. Esse livro tem despertado amei ou deixe!! E sinceramente quero ler pra tirar minhas próprias conclusões. Não digo que sou fã, mas também não tenho aquele preconceito de dizer que não gosto. Obrigada por ser uma das pessoas que gostou, realmente dá uma animada pra ler. ♥ Elisabete Blog Pretenses

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, eu amo do fundo do meu coração o João Verde hahah Espero que goste ♥

      Excluir
  9. Oi, tudo bem ?

    Estou louca para ler esse livro, John Green como sempre se superando e fazendo livros apaixonantes e de personagens que nos fazem se apegar com facilidade. Uma ótima dica de leitura com toda certeza, amei o post !

    ResponderExcluir
  10. Oii Ally, tudo bem?? Que resenha maravilhosa!! Adoro quando os autores abordam temas fortes e reais, que de certa maneira nos permite viver pela perspectiva do personagem e aprender um pouco mais com ele. Quando vi a capa achei que tratava-se de mais um romance, pois o autor é conhecido por eles,mais fiquei feliz em saber que mesmo fugindo um pouco do gênero ele ainda consegue surpreender. E Esse título... ele sempre me deixa curiosa, quero muito ler para saber como ele se encaixa na trama.
    Adorei a resenha, como sempre estava maravilhosa!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De certa forma, é um romance sim. Mas não é aquele clichê Jhon Green hahaha espero que goste e muito obrigada pelo elogio ♥

      Excluir
  11. Olá tudo bem? Acho que sou uma das poucas pessoas que não curto os livros do Jonh Green, mas comprei tartarugas até la embaixo e já comecei a ler por causa da sinopse. Agora lendo a sua resenha fiquei ainda mais interessada para saber como será o desenvolvimento do livro.

    Beijos e abraços!
    Link:https://vickyalmeida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

© Amor Literário - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo