Esposa Perfeita - Karin Slaughter | RESENHA

FICHA TÉCNICA:

TÍTULO: Esposa Perfeita (Will Trent Vol. 8)
AUTORA: Karin Slaughter
ANO: 2017 / PÁGINAS: 464
EDITORA: HarperCollins Brasil
ADICIONE NO: Skoob
CLASSIFICAÇÃO: ★★★★★

Como a grande maioria dos livros policiais, temos o caso de uma série onde os livros podem ser lidos de forma aleatória, já que cada história se fecha nela mesma, mas os livros são de um mesmo detetive e/ou equipe policial.

Um ex-policial foi encontrado morto na boate pertencente à um famoso jogador de basquete que já havia sido acusado de estupro, e quem trabalhava no caso era o detetive Will Trent, o qual foi chamado para assumir a investigação do assassinato.
O grande mistério de tudo começa quando a arma da esposa do detetive, Angie, foi encontrada no local e seu sangue está por todo lado.

Para mim, a premissa do livro era bem chamativa, e quando decidi começar esse livro, me vi em um romance policial repleto de conflitos. Tudo parece sempre voltar ao jogador acusado de estupro, e com o passar da história vamos encontrando cada vez mais pessoas que podem estar envolvidos com a morte do ex-policial, e temos o mistério de onde foi parar Angie e se ela realmente está morta.

Procuramos conforto nas mesmas pessoas que nos machucam.

Em minha opinião, Karin Slaughter fugiu dos padrões de romance policial, revelando ao leitor o que aconteceu muito antes do livro acabar (e antes mesmo dos policiais descobrirem) e revelando pequenos detalhes faltantes depois, conforme a investigação avançando.
A escrita da autora faz com que sentíssemos como se estivéssemos assistindo a um filme, ao invés de estar lendo. Mergulhamos na história e as palavras fluem, fazendo com que o leitor consiga imaginar tudo com muita clareza, mas com mais detalhes do que um filme.

Karin finaliza seus capítulos com uma frase, geralmente simples, mas é uma finalização com "chave de ouro", como se aquelas simples palavras resumissem todo o resto. Alguns capítulos acabam no clímax, fazendo com que você vá para o próximo capitulo sedento de respostas, não conseguindo largar o livro e se vendo preso ao "universo" da história, tentando desvendar os mistérios.
A autora tem um grande conhecimento de medicina e demonstra isso nos livros, colocando detalhes de como funciona uma investigação, deixando a leitura mais interessante. Eu "aprendi" varias curiosidades do gênero e adorei! Consigo imaginar o quanto a Karin pesquisa sobre o assuntos antes de escrever seus livros.
Um dos aspectos que mais gostei do livro foi a grande ironia contida no titulo já que Angie pode ser qualquer coisa, menos perfeita. Ela é aquele tipo de personagem que tem de tudo para me irritar e fazer com que eu a odeie, mas isso não aconteceu, o que é ótimo, porque geralmente se personagens me irritam o livro não vai para frente. Angie é desprezível, mas meu sentimento por ela é neutro já que não a amo também (e para mim isso é um ponto positivo).

Eu o amava. Ele era minha vida. Era o centro do meu universo. Quando ele morreu, foi o fim. Não havia mais nada para mim.

Como eu já disse no começo da resenha, esse livro pertence a série Will Trent e é o volume 8, mas não há a necessidade de ler em ordem já que cada volume contém um caso que começa e termina no mesmo livro. Apesar disso, em Esposa Perfeita temos alguns assuntos de plano de fundo que não se finalizam, como o relacionamento de Will e Sara, e da mesma com Angie, mas não achei isso um problema já que fazem parte da vida pessoal do detetive, e não são importantes para o caso/morte encontrado no livro. Mesmo assim, gostei de todos os aspectos do livro, incluindo esses assuntos de plano de fundo e pretendo dar continuidade a série, não necessariamente na ordem, já que esse foi meu primeiro contato com a série e com qualquer coisa escrita pela autora.

Não posso deixar de comentar aqui que minhas expectativas para esse livro estavam lá em cima, e Karin Slaughter superou todas, conseguindo me surpreender. Eu já gostava do livro e da autora antes mesmo de ler porque falam tão bem dela, e agora me sinto feliz de saber que ela realmente escreve bem, e muito. Sua obra é de muita qualidade e pretendo ler outras, além da série do Will Trent. Temos aqui uma autora que tem grandes chances de virar uma das minha favoritas.



9 comentários:

  1. Oi Ally. Eu amo um bom romance policial e acho que amaria esse livro. Esse tipo de romance nunca, ou quase, me surpreende pelo vilão mas sim pelas motivações que cada um apresenta. Fico tentada a descobrir as motivações destes personagens.

    Blog: Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  2. Oie!!

    Eu adoro livros no estilo e este com certeza eu iria gostar e muito. Não conhecia a série antes e achei bom poder ler sem ser na ordem, acho que assim deixa mais livre.
    Fiquei curiosa com o fato da personagem que teria tudo pra te irritar, fiquei pensando se causaria isso em mim e isso me deixou instigada a ler.

    bjs

    ResponderExcluir
  3. Ei! Tudo bem?

    Amo romance policial e fico muito feliz em saber que o livro superou suas expectativas. Não é tão fácil escrever livros no gênero, mas já estou mega interessada nesse pela sua resenha (que está maravilhosa, diga-se de passagem). Fiquei surpresa em saber que a revelação é feita bem antes do final, mas acho que isso pode ser legal :)

    Beijos!
    http://www.as365coresdouniverso.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Aline,
    Adorei a resenha e a premissa da história. Livros de suspense policial costumam fazer isso comigo, começo a ler e não consigo parar e fico feliz em saber que o trabalho de Karin também faz isso ao leitor. Tenho dois livros dela: Destroçados e Gênese e estou louca para lê-los, depois de sua resenha não irei pensar duas vezes, já quero!!!

    Bjokas da Elo!
    http://cronicasdeeloise.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oii, tudo bem?? Amo romances policiais, ainda mais como o descrito, que permite ao leitor vivenciar das descobertas junto com os personagens e compartilhar da mesma linha de raciocínio da autora.
    Adoro quando começamos a ler algo esperando coisas boas e ele acaba nos surpreendendo com algo além!
    Sem dúvidas anotei na minha lista!
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá tudo bem, parece ser um livro bem pesado, mas mesmo assim fiquei bastante curiosa para saber o que aconteceu com Angie.
    Que bom saber que a leitura e a autora superou suas expectativas, espero que supere as minhas também, pois já quero ler esse livro, amo romances policiais, bjocas e bom domingo.

    ResponderExcluir
  7. Não sabia que o livro fazia parte de uma série, mas que bom que é uma série independente, que pode ser lida fora da ordem. E o fato de ela não deixar tudo pro final também é algo que fica muito legal, porque você aproveita mais a história assim no meu modo de ver.
    ~ Elis Blog Pretenses

    ResponderExcluir
  8. Nossa que bacana! Essa semana a Elo tb compartilhou uma série de suspense! Eu amo! Tb não conhecia essa, mas com certeza lerei, adoro séries e essas que tem cada livro uma história diferente são ótimas pq podemos ler como dá :)
    Fiquei bem curiosa com esse enredo tb e acho legal a autora nos revelar antes dos policiais saberem a verdade, a gente fica torcendo pra eles perceberem tudo!

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  9. Oi, Aline
    Eu não fazia ideia sobre o que era essa obra.
    Eu já tinha visto ela por aí mas nunca me interessei, apesar de agora ela me chamar bastante atenção. Eu gosto de romances policiais, porém não leio muitos por pura preguiça. Talvez eu dê chance aos livros da autora.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir

© Amor Literário - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo